terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Margaret Mee na Pinacoteca de São Paulo

3 comentários:

O Profeta disse...

A terra dorme em sobressalto
Um grito brota da alma
Danço com esta bruma de Inverno
Rodopia em meu peito uma estranha calma

Águas despertas, Mar bravio
Cai sobre mim um nevoeiro perverso
Uma onda estende seu manto de espuma
Açoita as pedras adiando o regresso


Boa semana


Mágico beijo

adelaide amorim disse...

Mee foi uma artista diferente, capaz de reproduzir em imagens a magia dos vegetais. Adoro os desenhos dela.
Beijo, Beth.

Ricardo Kersting disse...

Oi Liz
Diz para mim, não seria uma boa esse blog decolando?
Carisma, simpatia, belas fotos, conhecimento artístico e outras qualidades, tu tens! Era eu que faltava?
Não falta mais..
Abração..

É muito modesto né?