terça-feira, 19 de maio de 2009

ICONOGRAFIA SUL-RIOGRANDENSE de
plinio BERNHARDT
(1927/2004)

Plinio Livi Bernhardt, aos 70 anos

Dados sobre o pintor:
Nasceu em Cachoeira do Sul/RS. Foi pintor, desenhista e gravador, formado no Instituto de Artes de Porto Alegre. Realizou sua primeira mostra individual em 1966. Participou em diversos eventos como Salões, Pré-Bienais, Bienais Nacionais e um rande número de exposições individuais em Porto Alegre, fez litografia no Atelier Livre da Prefeitura Municipal de Porto Alegre. Mantinha um atelier, onde tinha turmas regulares de alunos. Teve diversas mostras retrospectivas em Porto Alegre, é verbete, com reprodução de xilogravura no Dicionário de Artes Plásticas do Brasil, de Roberto Pontual e, é claro, no Dicionário de Artes Plásticas do Rio Grande do Sul, do qual participou do Módulo I, coletiva de lançamento simbólico do dicionário, em 1994.

A chamada desta postagem é o título da exposição que está acontecendo na Sala O ARQUIPÉLAGO, do Centro Cultural CEEE Érico Veríssimo em Porto Alegre. Segundo os organizadores da exposição, por tratar-se de obras produzidas em muitas fases (cerca de 60 anos de produção) o resgate delas numa única exposição seria comprometer a compreensão de sua obra. Por isto a realização do resgate das obras de Bernhardt dar-se-á em mais de uma exposição.

Segundo Vinicio Giacomelli, no folder alusivo à exposição "o grande acervo das obras deste artista silencioso e doméstico, encontra-se ainda ao amparo e aconchego de sua família. Sua esposa Yvonne Oliveira da Cunha, é a orientadora zelosa da equipe que agora leva ao público este patrimônio que o artista havia prometido mostrar à cidade antes de nos deixar".

Passeei livremente por um longo tempo naquele espaço reservado à exposição propriamente dita e ainda um local reservado para seus objetos de desenho, fotos, e até sua coleção de cachimbos.
São deste ambiente minhas fotos de hoje.
Todas as telas não tem título e foram assinadas bem mais tarde pelo autor. Dois detalhes que me chamaram a atenção. A etiqueta descritiva ao lado das telas sempre diz:"sem título, datado pelo autor em tal ano"


O ambiente






Algumas obras expostas

Composição com paisagem e frutas em Caçapava do Sul
(óleo sobre tela, assinada em 1977)




Av. Osvaldo Aranha-POA
(óleo sobre tela (87x139cm)


Anjos de São Miguel
(pastel oleoso sobre papel vergé 32x40cm)



Ruínas de São Miguel
(acrílica sobre tela 80x80cm)


Torreão do prédio do Museu de Arte do Rio Grande do Sul
(técnica mista - acrilica, carvão e grafite sobre papel)





Prédio Centro Histórico de Antonio Prado/RS
(pastel sobre papel canson)


O mesmo Centro Histórico
(técnica mista - óleo e pastel sobre papel 62x46cm)


Residência na Av. Independência nºs 490 e 522 POA
(óleo sobre tela 60x90cm)



Residência na Av. Getulio Vargas - POA
(óleo sobre tela 50x40cm)



4 comentários:

Ricardo Kersting disse...

Oi Liz.
Plínio foi talvez o único pintor que não emitia opinião contrária para nenhuma técnica, artista ou manifestação artística. Pelo menos dentre os pintores que conheci.
Conversei com ele poucas vezes. Nestas vezes, ele jamais falou sobre si ou sobre quaisquer artistas, a não ser para elogiá-los.

Pessoa afável e muito bem humorado.
Essa é a imagem que guardo deste grande artista. A mesma exigência que demonstrava no trabalho, também demonstrava em atenção e educação no trato com as pessoas.

Liz, parabéns pela lembrança dessa pessoa maravilhosa..
Abração..

Márcia(clarinha) disse...

Tanto saber, tanta beleza.

lindos dias flor
beijos

Luísa N. disse...

Olá, Liz!

Amo arte de um modo geral - sou apaixonada pela mãe natureza e a arte imita a vida, não é mesmo? - por isto e pelas informações que você nos transmite, amei este blog!
Vou voltar, com certeza!
Luísa

adelaide amorim disse...

Que bonito trabalho, Beth! Não conhecia o pintor, obrigada por apresentá-lo. Um beijo.